Internet Banking

Fundos de pensão têm rentabilidade de 11,36% em 2017, aponta Abrapp
18/04/2018

A+
A-

Ativos totais administrados somaram no ano passado R$ 838 bilhões.

 

As entidades fechadas de previdência complementar, os chamados fundos de pensão, tiveram rentabilidade de 11,36% no acumulado de 2017, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (18) Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (ABRAPP). Os ativos totais administrados somaram no ano passado R$ 838 bilhões.


A rentabilidade média de 2017 ficou abaixo do retorno de 14,56% registrado em 2016. A Abrapp informou, porém, que o índice ficou "bem acima da taxa padrão de 8,86%". "A rentabilidade acumulada de 2003 a 2017 foi de 641,45%, também superior à meta atuarial do período (476,24%)", destacou o relatório.



Segundo dados divulgados na segunda-feira (16) pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), os fundos de pensão reduziram em R$ 34,5 bilhões o déficit acumulado em 2017. Assim, o saldo negativo das entidades fechou o ano passado em R$ 36,1 bilhões. Um ano antes, havia sido de R$ 70,6 bilhões.


No ano passado, o setor tinha 141 entidades superavitárias, cujo resultados positivos somados chegaram a R$ 20 bilhões. Outras 86 fundações estavam em equilíbrio.

 

Fonte: G1